Porque microcomponentizar tudo, não só o back-end

Porque microcomponentizar tudo, não só o back-end